Ato privado

Sereno e estanque

Escorreu meu orgulho

Minha falta de certezas

Foi minha festa desmedida

Estranha história

Que cega tracei com meus olhares

Quebrou

Quando as minhas mãos trêmulas quiseram te abraçar.

(Raissa Lopes)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s