BLOG DO VLAD

MH900401567Um celular toca na madrugada. Uma mãe aflita está do outro lado da linha. Ninguém atende. Nunca mais atenderá. Seu filho estava na boate “Kiss” e recebeu o beijo da morte.

As avós sempre dizem: não se brinca com fogo. Um sinalizador teria dado ignição a essa tragédia: mais de 230 pessoas mortas. Foram asfixiadas, queimadas, pisoteadas. Para quê? Para uma banda obter um tolo efeito visual em sua (agora sim!) inesquecível apresentação.

A casa de shows transformou-se num forno, numa câmara de gases tóxicos, quase um crematório. A festa “Agromerados” – uma alusão aos cursos de ciências agrárias da UFSM que promoveram o encontro de universitários – terminou com mais de duas centenas de vítimas aglomeradas e amontoadas, sem vida, à espera de reconhecimento. Outros ainda poderão perecer nos próximos dias por pneumonia química. Infelizmente, essa contagem ainda não parou.

Pelo que a imprensa…

Ver o post original 1.218 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s