“Gosto do jeito…

“Gosto do jeito que a gente se olha e do fogo manso que queima entre esses olhares. me aquece o tom da tua voz no escuro, mesmo quando foi minha mente que criou o som. Estranho não saber explicar os fatos ocultos, salpicados de mistério, que rondam nossa conexão. Mas sei que entre céu e mar, um ar perfumado descansa, descasca o tempo lentamente. Como se dormisse… porque o amor da gente não tem pressa.”

(Raissa Lopes)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s