Pausa

e5fbd3ef3037f122bf1f882f5c700b27_galbig

Um momento de ócio nessa vida tropeçada, de tanto que corre. Um momento para contemplar o belo que há no barulho da rua e no silêncio interior. Um momento para colocar no mudo as conversas consigo, com medos, frustrações, intenções, trilhas inconclusas do pensamento. Um momento para vagar aqui, no agora, na simplicidade da grandiosidade do que nos cerca, do que nossos olhos veem. Sim, nossos olhos veem. Nos damos conta? Um momento para não ler notícias, tragédias, descobertas científicas. Um momento para não se atualizar, não correr atrás do mundo desenfreado que nos deixa defasados no próximo instante. Me deixe para trás. Me deixe ficar. Me deixe aqui comigo mesma. Mas não eu e minhas inquietações. Até elas quero agora calar. Estado de satisfação. O que tenho aqui me basta. O amanhã e o logo mais a Deus pertencem.

(Raissa Lopes)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s